Vinted chega a Portugal para “fazer da segunda mão a primeira escolha”

Plataforma de compra, venda e troca de moda e artigos de casa lança versão portuguesa.

Foto
Artificial Photography/Unsplash

Dois confinamentos nacionais fizeram mais pela saúde dos nossos armários do que mil vídeos da Marie Kondo? É obviamente impossível responder, mas se os dois termos forem vistos em complementaridade e não pelo prisma da oposição, o corolário mantém-se: um ano de pandemia serviu para arrumar gavetas e prateleiras dos armários e não só.