Um juiz deu uma oportunidade a um traficante. E 16 anos depois presidiu ao seu juramento como advogado

Edward Martell parecia estar fadado a uma vida de crime e castigo. Mas, um juiz, que acredita que maioria dos casos de fracasso acontece porque as pessoas que mais precisam de ajuda nunca a chegam a obter, deu-lhe uma oportunidade. E não se arrependeu.

Foto
Cortesia Edward Martell/PÚBLICO

A primeira vez que Edward Martell compareceu na sala de audiências do juiz Bruce Morrow no tribunal do condado de Wayne, era um homem de 27 anos com um longo cadastro, que se estendia até aos seus primeiros anos de adolescência, e que tinha desistido da escola sem completar o ensino secundário.