Presidente da Ryanair rejeita estar em “guerra comercial” com a TAP em reunião com Pedro Nuno Santos

Michael O’Leary reuniu-se à distância com o ministro das Infra-estruturas, rejeitando o que diz serem “uma série de falsas acusações proferidas nas últimas semanas”. Governo afirma que transportadora irlandesa “não tem de interferir nas decisões soberanas” do executivo.

Foto
Presidente do grupo Ryanair, Michael O'Leary, esteve reunido à distância com o ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos Reuters/Heinz-Peter Bader

O presidente do grupo Ryanair, Michael O’Leary, teve esta manhã uma reunião à distância com o ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos, na qual, segundo afirmou ao PÚBLICO, rejeitou o que diz serem “uma série de falsas acusações proferidas nas últimas semanas” contra a transportadora irlandesa.