A1 reaberta depois de acidente ter obrigado a corte de mais de três horas

Colisão na zona do Cartaxo, em Santarém, provocou esta sexta-feira cinco feridos, dois dos quais em estado grave. No Norte, um outro acidente rodoviário, na A29, que liga o Porto a Aveiro, provocou quatro feridos.

Foto
Adriano Miranda

Uma colisão entre um veículo pesado de mercadorias e um automóvel provocou esta sexta-feira cinco feridos, dos quais dois em estado grave, e obrigou ao corte do sentido Sul-Norte da auto-estrada A1 durante mais de três horas, disse à Lusa a GNR do Carregado.

Segundo a brigada de trânsito local, a circulação rodoviária foi reaberta cerca das 00h20, tendo sido interrompida por volta das 20h30 de sexta-feira.

A colisão aconteceu na zona do Cartaxo, concelho de Santarém, e os feridos seguiam nos dois veículos, avançou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa.

Estiveram no local 30 efectivos e 13 carros dos bombeiros de Lisboa e do Cartaxo e duas Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do INEM. Um dos feridos graves teve de ser desencarcerado.

Um outro acidente rodoviário, na A29, que liga o Porto a Aveiro, provocou quatro feridos que estão a ser assistidos no local, segundo afirmou à Lusa fonte do CDOS do Porto.