Reforma das leis militares já está no Parlamento. E PCP tem proposta alternativa

Ao contrário do Governo, que reforça o poder do Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas, os comunistas insistem na autonomia dos ramos.

Foto
Ministro da Defesa na conferência de imprensa sobre a LOBOFA após o Conselho de Ministros LUSA/ANTÓNIO COTRIM

Quatro dias após a sua aprovação em Conselho de Ministros na passada quinta-feira, a Lei Orgânica de Bases da Organização das Forças Armadas (LOBOFA) e a adaptação a esta da Lei de Defesa Nacional deram entrada no Parlamento. O debate dos diplomas na generalidade vai realizar-se a 12 de Maio, de acordo com a última reunião da conferência de líderes. O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, disse ao PÚBLICO, em Fevereiro, que prevê a sua aprovação pelos deputados até ao Verão.