Plano contra o racismo: quotas para acesso ao Superior bem-recebidas por universidades e politécnicos

Dirigentes lembram que já há quotas para outros perfis como atletas de alta competição ou alunos com deficiência. Sublinham importância de acompanhamento da medida para corrigir desigualdades.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Os líderes do Conselho Nacional de Educação (CNE), do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) e do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) acolheram positivamente a hipótese de ter quotas para os alunos das escolas do programa Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP) no acesso ao ensino superior e a cursos técnicos superiores profissionais.