Universidades

Todos os tópicos

Manuel Heitor pediu às universidades e politécnicos alternativas de recepção aos caloiros. Cultura e ciências foram as principais opções.

  • Manuel Heitor pediu às universidades e politécnicos alternativas de recepção aos caloiros. Cultura e ciências foram as principais opções.

  • O Governo pediu às universidades que criassem programas de recepção aos novos alunos e estas responderam positivamente. Mas a tradição resiste em Coimbra, Porto e Lisboa.

  • As universidades não podem continuar a contemporizar com este discurso e estas práticas no seu interior.

  • O arrendamento a universitários não é feito pelos proprietários, mas sim pelos inquilinos que fazem subarrendamentos, sem passar recibos nem pagar impostos. A acusação é da Associação Nacional de Proprietários. Há "preços completamente incomportáveis", admite associação de inquilinos.

  • Manuel Heitor anunciou que não pretende impôr mais legislação, mas sim fomentar a "autonomia responsável" das universidades para que o mérito esteja na base das contratações.

  • Estudo da Direcção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência vem confirmar a existência de endogamia académica nas universidades portuguesas. “Nos concursos institucionais para posições académicas, os candidatos internos à instituição prevalecem sistematicamente”, conclui.

  • Não se pode admitir que as unidades de investigação sejam espaços onde todos os anos se discute como sobreviver com dignidade.

  • Durante a abertura solene das aulas, João Gabriel Silva afirmou que ganhos de eficiência e aumento da receita permitiram subir orçamento das faculdades. Que estão a usar receitas próprias para suportar aumento das despesas com salários, por exemplo.