Enterramento da linha de Cascais entre Cais do Sodré e Algés compromete ligação à linha da Cintura

Entre o desnivelamento de Alcântara e o fim do efeito barreira da linha férrea na zona ribeirinha, Fernando Medina prefere a segunda. Mas projecto poderá ascender aos 800 milhões de euros.

Foto
João Silva

“Não abdicamos de um projecto estrutural para a cidade que é o desnivelamento da linha de Cascais”. O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, ainda não sabe quanto custa nem como será financiado o enterramento da via férrea entre Cais do Sodré e Algés, mas assegura que esse investimento será pago por Lisboa.