Fotogaleria

Cocoon, a minicaravana portuguesa em forma de lágrima que nasceu na pandemia

Com o negócio habitual condicionado devido à pandemia, uma empresa de Arruda dos Vinhos arregaçou as mangas e criou uma minicaravana teardrop.

 

Fotogaleria

Numa altura em que ainda se apresentam novas propostas a propósito das alterações ao Código da Estrada, que obrigam as autocaravanas a pernoitarem e aparcarem apenas em zonas específicas, a portuguesa Expomundo apresenta Cocoon, a primeira minicaravana produzida e comercializada por esta empresa de Arruda dos Vinhos.

Através da recém-criada marca YGOnow, consiste num atrelado conhecido como teardrop (pela forma de uma lágrima), possuindo capacidade para acomodar duas pessoas adultas. Inclui espaço para dormida, assim como para uma pequena cozinha. Tem ainda uma estrutura na parte superior que permite transportar pranchas de surf ou acoplar uma tenda. E pode ser rebocada por qualquer carro, não sendo necessária uma carta de condução especial.

Fundada em 2009, e habituada a construir stands para feiras e eventos, a Expomundo meteu mãos à obra e construiu esta pequena caravana, que existe em seis cores standard e em três versões de especificações de equipamento, desde um modelo mais económico, até um modelo com mais equipamentos, funcionalidades e extras (tomadas USB, colchão, fogão e alimentação eléctrica autónoma). O preço base anunciado é de 5660 euros. 

"Desde 2020, ano altamente condicionado pela pandemia, e com o aumento da procura por este tipo de veículos e experiências de viagem, esta foi uma importante oportunidade no horizonte da Expomundo", refere a empresa.

A sua nova marca YGOnow desdobra-se em dois novos produtos: minicaravanas e, desde finais de 2020, transformação de autocaravanas — uma linha de produção exclusiva para a produção/adaptação destes veículos e atrelados que podem ser personalizados e ajustados às necessidades e preferências do cliente.

Sugerir correcção