À descoberta das plantas bíblicas com workshop no Museu do Oriente

De que madeira era feita a Arca de Noé? O que é mirra? A partir de que planta foi feita a coroa de espinhos? Estas são algumas das curiosidades reveladas pelo biólogo Luís Mendonça de Carvalho, no Museu do Oriente.

botanica,biblia,historia,zoom,ambiente,biologia,
Fotogaleria
Incenso Luís Mendonça de Carvalho
botanica,biblia,historia,zoom,ambiente,biologia,
Fotogaleria
Incenso Luís Mendonça de Carvalho
botanica,biblia,historia,zoom,ambiente,biologia,
Fotogaleria
Mirra Luís Mendonça de Carvalho
botanica,biblia,historia,zoom,ambiente,biologia,
Fotogaleria
Incenso Luís Mendonça de Carvalho

O Museu do Oriente quer promover o estudo de plantas que, sob uma perspectiva simbólica e teológica, são, com maior frequência, referidas nas Sagradas Escrituras. Para isso, convidou o biólogo e director do Museu Botânico de Beja, Luís Mendonça de Carvalho, para falar sobre o tema. O workshop, online como ditam as regras da pandemia, acontece no próximo dia 10 de Abril.

Ao longo de quatro horas, o biólogo fará uma apresentação com fotografias de plantas e passagens bíblicas, que permitem aos participantes ver “que planta é aquela e de onde é originária”, explica ao PÚBLICO. Luís Mendonça de Carvalho defende que “o conjunto de livros que compõem a Bíblia é uma grande fonte de informação a nível da Etnobotânica”, área em que trabalha, e que se dedica ao estudo do uso cultural das plantas.

“Uma das mais-valias do workshop é que, no final, as pessoas levam os conteúdos, podendo continuar a estudar e, se tiverem dúvidas, podem sempre perguntar-me ou estudar de forma autónoma. E, além disto, levam cerca de 120 artigos e livros, em formato pdf, para poderem continuar o seu estudo”, informa o director do Museu Botânico de Beja.

Tendo como principal objectivo dar a “conhecer melhor a flora bíblica” e dar continuidade ao estudo, Luís Mendonça de Carvalho aponta que “as pessoas ficam entusiasmadas quando percebem que há, afinal, muitíssima coisa a conhecer, muitas espécies”, revelando que “a botânica é muito interessante porque toca muitas áreas, desde a História, à Simbologia, à Cultura Material, à Química, à Geografia, portanto é um bom eixo estruturante para as pessoas irem estudando diferentes temas”.

Segundo Luís Mendonça de Carvalho, a Biologia e a Teologia encontram-se “no contexto simbólico”, sendo que durante as quatro horas do workshop, pretende-se responder a questões como: de que madeira era feita a Arca da Aliança, que plantas eram utilizadas nos óleos de unção, de onde provinha o incenso e a mirra e qual a simbologia a eles associada, o que era o maná caído do Céu, entre muitas outras.

O workshop de plantas bíblicas realiza-se desde 2014 e costuma acontecer uma ou duas vezes por ano. Esta edição será online, através da plataforma Zoom, acontece no próximo dia 10 de Abril, das 14h às 18h. As inscrições têm o custo de 35 euros. Luís Mendonça de Carvalho ressalva que uma das vantagens do virtual é “chegar a mais pessoas que não poderiam” marcar presença no Museu do Oriente, em Lisboa; e são muitos os interessados de todos os cantos do mundo, assegura.

Texto editado por Bárbara Wong