Terça, na TV: Chinatown, ecos da Motown e Kubrick na Voz de Kubrick

Escolhas para ficar a ver televisão.

Foto
Kubrick na Voz de Kubrick passa na RTP2

CINEMA

A Rapariga no Comboio
Nos Studios, 16h10 
Adaptação do best-seller homónimo da inglesa Paula Hawkins, com realização de Tate Taylor e argumento de Erin Cressida Wilson. Rachel (Emily Blunt, nomeada para o BAFTA) faz o mesmo percurso de comboio todos os dias. Pela janela, observa um jovem casal com uma vida aparentemente perfeita. Sente-se cada vez mais ligada a eles e a uma ideia de amor inabalável. Tudo se altera quando, numa dessas viagens, repara em algo perturbador. 

Dá & Leva
Hollywood, 16h50
Daniel (Mark Wahlberg), Adrian (Anthony Mackie) e Paul (Dwayne Johnson) trabalham num ginásio de Miami, enquanto vão cometendo pequenos delitos. Decididos a sair da mediocridade, unem-se para o maior golpe das suas vidas: raptar um dos mais ricos empresários da cidade, extorquir-lhe todo o dinheiro possível e viver à grande, com todos os luxos a que julgam ter direito – um sonho que rapidamente se transforma num pesadelo. Dá & Leva é uma comédia negra realizada por Michael Bay a partir de um artigo do jornalista Pete Collins sobre uma história verídica.

Jackie Brown
AMC, 19h41
Uma empregada de mesa que faz entrar dinheiro de contrabando de armas nos EUA é apanhada pela polícia e pressionada a entregar o homem para quem trabalha. Pam Grier, Samuel L. Jackson, Michael Keaton, Michael Bowman, Robert De Niro, Bridget Fonda dão vida às personagens do filme dirigido por Quentin Tarantino. 

Scott Pilgrim Contra o Mundo
Cinemundo, 21h10
Scott Pilgrim (Michael Cera) é um rapaz de 22 anos cuja única excentricidade é tocar numa banda. A recuperar de uma relação castradora com Knives Chau (Ellen Wong), que o persegue por todo o lado, conhece Ramona Flowers (Mary Elizabeth Winstead), uma rapariga encantadora que só tem um senão: o seu passado romântico. Ramona, para além dela própria, traz consigo sete ex-namorados(as) que, para além de muito violentos, ainda não conseguiram interiorizar que a relação terminou. Escrito e realizado por Edgar Wright, o filme baseia-se na novela gráfica homónima criada por Bryan Lee O’Malley.

Chinatown
RTP1, 00h57
Roman Polanski realizou, em 1974, este filme negro sobre um detective privado que investiga uma infidelidade e acaba por dar com um crime. Foi oscarizado pelo melhor argumento original, da autoria de Robert Towne, a única estatueta dourada que recolheu entre as 11 categorias para que estava nomeado. Duas dessas indicações foram para melhor actriz e actor principal: Faye Dunaway e Jack Nicholson, respectivamente.

DOCUMENTÁRIOS

Kubrick na Voz de Kubrick
RTP2, 23h20
Filmes como 2001: Odisseia no Espaço, A Laranja Mecânica, The Shining, Nascido para Matar ou De Olhos Bem Fechados fizeram de Stanley Kubrick (1928-1999) um dos mais importantes e influentes cineastas de sempre. Mas nos muitos estudos e documentários feitos sobre a sua vida e filmografia raramente o próprio se fez ouvir. É aqui que Kubrick na Voz de Kubrick se distingue. Realizado por Grégory Monro, baseia-se em imagens de arquivo e gravações de conversas com o amigo e crítico de cinema (e especialista na sua obra) Michel Ciment, ao longo de 30 anos.

Hitsville: O Nascimento da Motown
TVCine Edition, 2h25
Realizado pelos irmãos Benjamin e Gabe Turner, documenta o trajecto da Motown desde que foi fundada por Berry Gordy Jr. em Detroit, em finais dos anos 1950, até à sua relocalização para Los Angeles, nos 70. A lendária editora discográfica ficou conhecida mundialmente por timbrar a mais apelativa música soul produzida nos EUA, embora muito a custo do controlo criativo dos artistas.

INFORMAÇÃO

É ou Não É? - O Grande Debate
RTP1, 22h05 

“Como desconfinar o país?” é a pergunta que lança o debate para a edição desta noite. No momento em que Portugal entra na primeira fase deste desconfinamento, um painel de especialistas e comentadores é chamado a analisar, sob a condução do jornalista Carlos Daniel, questões como o regresso à escola, o impacto da pandemia na produtividade das empresas e nos direitos dos trabalhadores ou a crise instalada nos sectores da cultura e da restauração.