Filipe de Edimburgo continua internado, mas “bem-disposto”

O marido da rainha Isabel II deu entrada num hospital londrino na noite de terça-feira.

Foto
Em 2017, Filipe deixou de ter obrigações públicas LUSA/FACUNDO ARRIZABALAGA

O príncipe Filipe, de 99 anos (completa o centenário no dia 10 de Junho), encontra-se “bem-disposto”, apesar de se manter hospitalizado “por precaução”, noticiou esta quinta-feira a britânica BBC, citando fonte do palácio.

Segundo os vários órgãos de comunicação social ingleses, que acompanham com grande atenção a evolução do duque de Edimburgo, o seu estado de saúde não está relacionado com um quadro de covid-19 (para a qual já foi vacinado, em Janeiro, ao mesmo tempo que Isabel II e antes de Carlos e Camila) nem inspira grandes cuidados, tendo em conta que os vários membros da realeza mantiveram as suas agendas inalteradas: a rainha, de 94 anos, falou ao telefone com o almirante Tony Radakin sobre o trabalho da Marinha Real no país e no estrangeiro, enquanto o príncipe Carlos visitou, acompanhado da mulher Camila, o Hospital Rainha Isabel, em Birmingham, onde se dirigiu aos doentes e aos profissionais do NHS, o serviço nacional de saúde do país.

Filho do príncipe André da Grécia e Dinamarca e da princesa Alice de Battenberg, Filipe Mountbatten nasceu na Grécia, em 1921, como membro das famílias reais grega e dinamarquesa. Quando tinha pouco mais de um ano de idade, devido ao Golpe de 1922, fugiu com a família do país (conta que foi escondido numa caixa de laranjas), tendo estudado em França, Inglaterra, Alemanha e Escócia. Em 1939, ingressou na Marinha Real Britânica, altura em que se começou a corresponder com a filha mais velha de Jorge VI, que viria a herdar a coroa do pai.

Depois da Segunda Guerra, Filipe recebeu permissão do rei para se casar com Isabel. O enlace ocorreu no dia 20 de Novembro de 1947, após cinco meses de noivado. Ao se casar, Filipe recebeu os título de Sua Alteza Real e duque de Edimburgo. O casal teve quatro filhos – Carlos, príncipe de Gales, Ana, princesa real, André, duque de Iorque, e Eduardo, conde de Wessex – e já soma oito netos e nove bisnetos (o último, filho da princesa Eugenie e de Jack Brooksbank, nasceu a 9 de Fevereiro, havendo pelos menos mais dois a caminho: Zara Tindall espera o terceiro filho, e Harry e Meghan anunciaram o segundo bebé.

Dezembro de 1958. O duque de Edimburgo e a rainha de Inglaterra, Isabel II Donald McKague/Michael Ochs Archives/Getty Images
Setembro de 1960. A rainha Isabel II e o príncipe Filipe, duque de Edimburgo, com os seus filhos, a princesa Ana (esquerda), o príncipe André (centro), e Carlos, príncipe de Gales, nos arredores do Castelo de Balmoral, na Escócia Keystone/Getty Images
Novembro de 1947. A ainda princesa Isabel e o marido, Philip Mountbatten, durante a lua-de-mel, em Romsey, Hampshire Keystone/Hulton Archive/Getty Images
Janeiro de 1951. A primeira fotografia a cores da princesa Ana, nos braços da mãe, a rainha Isabel II, enquanto o duque de Edimburgo dá colo ao príncipe Carlos Keystone-France/Gamma-Keystone via Getty Images
Dezembro de 1997. A rainha Isabel II, acompanhada pelo marido Filipe, limpa uma lágrima durante o serviço formal de desactivação do iate real HMS Britannia no porto de Portsmouth, Reino Unido REUTERS
Setembro de 2015. O casal real assiste, divertido, a uma corrida de sacos no Encontro Anual Braemar Highland Gathering em Braemar, Escócia REUTERS/Russell Cheyne
Abril de 2016. Isabel II e o duque de Edimburgo são recebidos pelo então Presidente dos EUA Barack Obama e a primeira-dama Michelle Obama REUTERS/Alastair Grant
Abril de 2016. A rainha Isabel II e o príncipe Filipe durante as celebrações do 90.º aniversário da monarca REUTERS/Toby Melville
Julho de 2017. A rainha Isabel II e o príncipe Filipe, duque de Edimburgo, numa exposição da Colecção Real no Palácio de Buckingham, em Londres REUTERS/Neil Hall
Outubro de 2018. A rainha Isabel II e o duque de Edimburgo à chegada do casamento da princesa Eugenie, na capela de St. George, no castelo de Windsor Jonathan Brady via REUTERS
Novembro de 2002. De mãos dadas, no discurso da rainha na Câmara dos Lordes, em Londres REUTERS/Russell Boyce
Fotogaleria

Há exactamente 73 anos, a 20 de Novembro de 1947, Isabel e Filipe trocavam juras de compromisso diante de milhões de pessoas — o casamento foi testemunhado por cerca de 200 milhões em todo o mundo, graças à emissão especial da BBC, que transmitiu a gravação da cerimónia.

PÚBLICO