Freguesia lisboeta compra refeições a restaurantes para apoiar famílias

Santa Maria Maior, no centro histórico, planeia adquirir menus-refeição à restauração local para “assegurar o apoio alimentar aos fins-de-semana”.

Foto
Santa Maria Maior inclui áreas do Castelo, Baixa ou Chiado Carla Rosado

A junta de Santa Maria Maior - que engloba 12 antigas freguesias no centro histórico da cidade e abrange áreas do Castelo e Sé, Alfama e Baixa, Chiado ou Socorro - anunciou um plano de apoio a famílias necessitadas que também irá ajudar a restauração. 

“A Junta de Freguesia vai adquirir aos restaurantes localizados em Santa Maria Maior menus completos de refeição, em regime take-away, para os restantes fins-de-semana do ano 2021”, anunciou. 

“Os menus-refeição adquiridos têm uma finalidade social de apoio alimentar às famílias sinalizadas”, explica-se.

Em edital, publicado nos finais de Janeiro, refere-se que a medida entra “no âmbito do Fundo de Emergência Social do Município de Lisboa” e que “o procedimento será regulado pelo Código dos Contratos Públicos”.

Numa publicação no Facebook, a junta dirige-se directamente aos profissionais da restauração: “Estamos na linha da frente no apoio social e precisamos de si - de si, proprietário de um restaurante em Santa Maria Maior”. 

A iniciativa é dirigida “exclusivamente à restauração local” e os restaurantes podem manifestar o seu interesse através de e-mail (comercio@jfsantamariamaior.pt) e telefone (926 674 919), até 10 de Fevereiro, estando mais informações disponíveis no site da junta.