Torne-se perito Entrevista

Teletrabalho “passou a ser visto como um relevante instrumento de gestão”

O aumento do teletrabalho veio colocar novos desafios, mas mudar a lei sob a pressão do momento não é um bom caminho, defende o professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. O problema principal, alerta Luís Gonçalves da Silva, é a fiscalização das regras existentes e o acesso aos tribunais.

Luís Gonçalves da Silva diz que alterar o Código do Trabalho sob a "pressão do momento" é um mau caminho
Foto
Luís Gonçalves da Silva diz que alterar o Código do Trabalho sob a "pressão do momento" é um mau caminho Miguel Manso

Perante a utilização mais intensiva do teletrabalho, o que é que na sua opinião devia ser clarificado ou alterado no Código do Trabalho?
Alterar o Código do Trabalho sob a pressão do momento é um mau caminho, em especial quando já passaram mais de seis meses sobre o início da pandemia e nada foi feito – pelo menos que seja conhecido - para reflectir sobre a matéria, identificar fragilidades de regime e encontrar soluções.