PSD e Chega: o muro quando cai é para os dois lados

A aliança nos Açores entre o Chega e o PSD não é uma decisão estapafúrdia de 2020 – é uma consequência directa de 2015.

A política é uma escolha entre males menores. Sempre foi. Tenho 47 anos e nunca votei num partido, ou num político, em relação ao qual tivesse uma adesão incondicional. Nunca. Há sempre aspectos no programa eleitoral com os quais não concordo. Há sempre aspectos no carácter de determinado político que não aprecio. Há sempre um grupo de amigos à sua volta que não se recomenda.