easyJet abre base no Algarve na Primavera e recruta mais tripulantes de cabine

Companhia reconfirma base em Faro e abre campanha de recrutamento.

Foto
Reuters/PHIL NOBLE

A pandemia deixa o mundo da aviação em estado de choque, mas há companhias que avançam planos de investimentos. É o caso da easyJet, que reconfirmou os seus planos para a abertura de uma base aérea em Faro, aeroporto para a qual planeia operar três Airbus A319 com ligações a 17 destinos internacionais no próximo ano a partir de Março.

A low cost anunciou esta quarta-feira um “novo processo de recrutamento de tripulantes de cabine para as suas bases”, “oportunidade” que, refere-se em comunicado, “segue a notícia de que a easyJet está a abrir novas bases sazonais, como por exemplo Faro e Málaga na próxima Primavera”. 

Em relação ao Algarve, a abertura da base (a terceira em Portugal, depois de Lisboa e Porto), comunicava a easyJet em Outubro, deverá “criar cerca de 100 novos empregos directos”

“Apesar de um ambiente muito desafiador”, diz José Lopes, director-geral da easyJet Portugal, citado em comunicado, a companhia “irá aumentar os seus investimentos no mercado português em 2021”. “Esperamos aumentar a nossa tripulação em Portugal e ajudar na recuperação da economia portuguesa”, comenta o responsável. 

Na campanha agora lançada de recrutamento, os candidatos podem já propor-se às vagas. O “processo vai estar aberto nas próximas três semanas”, informam, sendo que o mesmo tem um site dedicado, com todas as informações e vagas.  

Segundo dados da empresa, a easyJet posiciona-se como a terceira companhia aérea em Portugal, com “7,2 milhões de passageiros de/para o país em 2019”, uma “quota de mercado de 11,4%”.