Os benefícios de ter um animal de estimação

Apesar de cerca de 50% das famílias portuguesas terem um animal de estimação em casa, a sociedade ainda precisa de ser sensibilizada para as necessidades e para os direitos dos animais.

Foto
Os animais de estimação representam uma forte ajuda emocional para adultos e crianças @petercalheiros

Apesar de cerca de 50% das famílias portuguesas terem um animal de estimação em casa, a sociedade ainda precisa de ser sensibilizada para as necessidades e para os direitos dos animais, reduzindo situações de abuso e promovendo a sua qualidade de vida.

Um animal de estimação acarinhado e educado pode ser uma grande fonte de conforto e de companheirismo, presenteando quem se rende aos seus encantos com uma dedicação incondicional que ajuda a manter uma vida física e mentalmente mais saudável.

Há estudos que demonstram que os animais de estimação representam uma forte ajuda emocional para adultos e crianças. A alegria que transmitem e que conseguem despertar nas pessoas promove a libertação de endorfina no nosso cérebro, causando uma sensação de bem-estar e relaxamento e contribuindo para regular a pressão sanguínea e o sono. Não é por acaso que se diz que “o cão é o melhor amigo do homem”: é fiel, companheiro, carinhoso e, em alguns casos, ajuda a reduzir a depressão ligeira e o stress. Os animais não fazem perguntas, não resmungam ou criticam e recebem-nos sempre com boa disposição. Muitos passam grande parte do seu dia à espera de se reencontrar com o seu cuidador, num momento de tanta alegria que os fazem sentirem-se pessoas importantes e adoradas. A verdade é que nem todas as pessoas da nossa família fazem isso, pois não?

Por isso, algumas pessoas, mesmo que de forma inconsciente, se dedicam tanto aos animais e se sentem tão bem na presença deles ou a fazer coisas por eles.

Estudos revelam que os adultos podem melhorar a sua saúde física e mental se cuidarem de um animal de estimação, dado que a sua presença consegue transmitir tranquilidade, aumentar a sua auto-estima e diminuir o sentimento de solidão. Brincar, passear ou interagir com animais ajuda os adultos a relaxarem e a aliviarem a tensão. Conversar e brincar com os animais pode reduzir o stress, sem contar o carinho que eles são capazes de dar! Para algumas pessoas, as saídas higiénicas com os seus animais são também momentos de descontracção.

Os cães são óptimos a encorajar os donos a fazerem exercício físico, e isto pode ser benéfico, por exemplo, para aqueles que sofrem de depressão. No caso dos mais velhos, por exemplo, cuidar de um animal de estimação contribui com um propósito diário e causa uma sensação de realização e um sentimento de utilidade.

Mas os benefícios dos animais não são somente para os adultos, as crianças que crescem com animais de estimação desenvolvem mais competências ao nível social, da comunicação, do foro emocional e da auto-estima. Os animais estimulam de forma natural a curiosidade e a atenção das crianças e, para muitas, são companheiros, confidentes e parceiros de brincadeiras com quem aprendem a tolerância e o valor da amizade. Como em qualquer relacionamento, a criança adquire consciência de que os animais precisam de respeito, de carinho e têm direito ao seu espaço.

Além do afecto, os animais também podem trazer benefícios para a saúde física e mental das crianças. Crianças com Perturbação de Défice de Atenção e Hiperactividade podem beneficiar dos cuidados a ter com um animal de estimação, como assumir os horários de alimentação, idas à rua e banhos, obrigando-as a planear e a serem responsáveis. Como os animais de estimação precisam e gostam de brincar, ajudam estas crianças a libertar o excesso de energia, aumentando a sua capacidade de concentração. Tudo isto, feito de forma sistemática e continuada, contribui para melhorar a auto-estima e a capacidade de socialização da criança.

Há ainda alguns estudos sobre a influência dos animais em crianças autistas que indicam que os cães e os cavalos ajudam-nas em actividades de integração sensorial, como o toque, os sons e os cheiros. Outros estudos foram desenvolvidos para verificar a capacidade dos animais para ajudar a reduzir o comportamento estereotipado, a sensibilidade sensorial e aumentar a capacidade de ligação social destas crianças com os outros.

A partir do momento que receber um animal de estimação em sua casa, terá um amigo para todas as ocasiões que só pede em troca água, comida, uma cama confortável e muito, muito carinho!