Mac DeMarco, The Comet Is Coming e Yves Tumor no Vodafone Paredes de Coura de 2021

Mão Morta, L’Impératrice, Yellow Days e Nu Guinea também se juntam agora ao cartaz, que já incluía nomes como Jarvis Cocker, Pixies e IDLES.

Foto
Mac DeMarco regressará a Portugal depois de um concerto em 2016, no festival Super Bock Super Rock Christine Lai

Um mês e meio após a primeira onda de confirmações, a organização do Vodafone Paredes de Coura divulgou esta quarta-feira novos nomes para a 28.ª edição do festival, que decorrerá de 18 a 21 de Agosto do próximo ano, na praia fluvial do Taboão. O canadiano Mac DeMarco, os The Comet Is Coming, do saxofonista Shabaka Hutchings, os bracarenses Mão Morta e o norte-americano Yves Tumor juntam-se assim a um cartaz que já incluía os veteranos Pixies, os IDLES, os Viagra Boys, os Squid, Princess Nokia, Jarvis Cocker, Slowthai ou os BADBADNOTGOOD.

Mac DeMarco, que já estava no cartaz da entretanto adiada edição de 2020, regressará assim a Portugal depois do seu concerto de 2016 no festival Super Bock Super Rock. Na bagagem traz Here Comes the Cowboy, álbum editado no ano passado, que acrescentou camadas mais lentas e meditativas à sonoridade tipicamente slacker do cantautor. Os The Comet Is Coming, que passaram por Portugal em Outubro de 2019, na digressão de Trust in the Lifeforce of the Deep Mystery, levarão à praia fluvial do Taboão o jazz cósmico com desvios pela música electrónica de um atarefado Shabaka Hutchings, que em Março editou We Are Sent Here by History, disco do seu projecto paralelo Shabaka Hutchings & The Ancestors.

Yves Tumor também já começa a ser um suspeito do costume em palcos portugueses; editou no início de Abril o álbum Heaven to a Tortured Mind, colecção de canções pop ruidosas com ambição experimental. O segundo leque de confirmados agora anunciado completa-se com Yellow Days, os Mão Morta, a banda francesa L’Impératrice ou a dupla Nu Guinea.

Os passes gerais para o Vodafone Paredes de Coura 2021 estão à venda nos locais habituais pelo valor de cem euros. Todos os bilhetes adquiridos para a edição que deveria ter decorrido este ano serão válidos para 2021, sendo necessário fazer a troca num posto de venda até 31 de Março do próximo ano. Quem não puder comparecer nas novas datas poderá pedir o reembolso entre os dias 1 e 15 de Setembro de 2021, sendo que, para que o reembolso seja efectuado, o bilhete não pode ser trocado para a edição de 2021.