Marcelo promulgou diploma sobre eleição dos presidentes das Comissões de Coordenação

Para o Presidente da República, mantém-se o essencial: o Governo continua a nomear e a poder demitir os líderes das CCDR, independentemente de serem antes eleitos pelos autarcas da respectiva região. A “regionalização encapotada” não passa por aqui.

conselho-ministros,descentralizacao,marcelo-rebelo-sousa,politica,autarquias,governo,
Foto
LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS

Por considerar que se mudaram apenas “disposições processuais”, como a data das primeiras eleições que passaram de Setembro para Outubro, o Presidente da República anunciou esta quinta-feira que promulgou o diploma que introduziu alterações, por apreciação parlamentar, ao decreto-lei nº. 27/2020 que modifica a orgânica das comissões de coordenação e desenvolvimento regional.