Consulados tornaram-se o centro do confronto diplomático entre Washington e Pequim

Mike Pompeo diz que o “compromisso cego com a China não pode continuar”, enquanto Pequim acusa Washington de adoptar “mentalidade de Guerra Fria”. Consulados de Houston e Chengdu no centro da crise diplomática entre as duas potências.

Foto
China ordenou que Estados Unidos encerrem consulado em Chengdu THOMAS PETER/Reuters

No dia em que terminou o prazo para a China encerrar o seu consulado em Houston, no Texas, Pequim retaliou conforme tinha prometido e ordenou que os Estados Unidos fechassem o seu consulado em Chengdu, no sudoeste chinês. Os consulados tornaram-se o epicentro do confronto em curso entre as duas potências e a troca de acusações entre os dois países não dá sinal de abrandar.