Só o Chega ficou ao lado do CDS na defesa do agravamento de penas para ofensas contra polícias

Três projectos foram chumbados por PSD, PS, PCP, BE e Verdes.

Telmo Correia defendeu que a segurança é um tema tradicional do CDS
Foto
Telmo Correia defendeu que a segurança é um tema tradicional do CDS Nuno Ferreira Santos

O chumbo por larga maioria dos deputados dos três projectos do CDS que propunham o agravar das penas dos crimes cometidos contra as forças de segurança, entre outras medidas, reflectiu o rumo do debate de duas horas e meia antes. Às críticas de toda a esquerda às propostas juntaram-se o PSD e a Iniciativa Liberal. Restaram o CDS e o Chega no voto a favor das iniciativas. O deputado da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, e a deputada não inscrita (ex-PAN) Cristina Rodrigues abstiveram-se no agravamento da moldura penal proposta.