Terra
Samantha Cristoforetti/ESA

Os 50 anos do Dia da Terra celebrados entre as crises do clima e da pandemia

Esta quarta-feira, assinala-se o 50.º Dia da Terra, uma data criada em 1970 para consciencializar a população para as causas ambientais. Ainda que este ano o 22 de Abril seja especial pelas piores razões, os especialistas ouvidos pelo PÚBLICO não deixam de apelar a que este seja um dia de reflexão e de preparação para uma possível mudança de hábitos.

Há precisamente 50 anos, a 22 de Abril de 1970, milhares de cidadãos norte-americanos, sobretudo estudantes, saíam à rua para dar voz a um problema que crescia a olhos vistos. Embora a publicação do livro de Rachel Carson, Silent Spring, em 1962, tenha sido citada por muitos como o início do movimento ambientalista, a celebração do primeiro Dia da Terra, em Abril em 1970, serviu para mostrar que a poluição, a superpopulação e o abuso dos recursos naturais já não eram preocupações apenas de uma mão cheia de cientistas.