,Luanda
Primeiro investimento de relevo em Portugal foi na Galp, associada à Sonangol e a Américo Amorim Fernando Veludo/NFactos

Portugal já rendeu perto de 500 milhões a Isabel dos Santos

Os investimentos da empresária angolana em Portugal, agora às avessas com a justiça e com contas congeladas, deram um retorno avultado em dividendos e mais-valias. Esta semana haverá apresentação de resultados da Galp e da Nos e serão conhecidos os valores a distribuir entre os accionistas. O seu destino é uma incógnita no caso de Isabel dos Santos.

Em circunstâncias normais, Isabel dos Santos saberia nos próximos dias quantos milhões de euros teria a receber este ano em dividendos das suas participações na Galp e na Nos, cujos resultados de 2019 serão apresentados esta terça e quinta-feira, respectivamente.