Shopping Cidade do Porto salvo por nova decisão judicial. Que pode não ser a última

Vinte e cinco anos depois de ter interposto uma acção popular, o arquitecto Pulido Valente não desiste de ver cumprida a sentença de demolição, e contesta a decisão mais recente do Tribunal Central Administrativo do Norte, que extinguiu a acção para execução dessa ordem.

Foto
O shopping abriu no final de 1994, mas meses depois entrou no tribunal a acção popular contra a obra Tiago Lopes

O Tribunal Central Administrativo do Norte (TCAN) decidiu “extinguir” a acção de execução da sentença de demolição do Shopping Cidade do Porto, ou do Bom Sucesso.