Estratégia de Costa para o “Brexit”? Tratar da “relação adormecida” e ser “mais afirmativo” na Europa

Em entrevistas ao PÚBLICO, António Costa e Augusto Santos Silva explicam quais são as novas prioridades da diplomacia portuguesa e europeia no pós-“Brexit”.

António Costa
Foto
LUSA/ANDRÉ KOSTERS

“O Reino Unido é o Reino Unido, nada substitui a sua saída, mas não podemos deixar tudo como dantes”, disse o primeiro-ministro António Costa em entrevista ao PÚBLICO, horas antes da formalização do “Brexit”. Perante o facto, a estratégia de Portugal é reforçar três relações: a bilateral com os britânicos; a comercial entre a Europa e os grandes blocos mundiais, e a política entre os países euro-atlânticos.