Boris Johnson é o grande favorito para as eleições britânicas

Segundo as sondagens mais recentes, o primeiro-ministro conservador tem uma vantagem de dois digitos face ao Partido Trabalhista, de Jeremy Corbyn.

Todas as sondagens dão a Johnson mais de 35% das intenções de voto
Foto
Todas as sondagens dão a Johnson mais de 35% das intenções de voto LUSA/WILL OLIVER

As mais recentes sondagens para um cenário de legislativas antecipadas no Reino Unido põem Boris Johnson na pele de grande favorito do eleitorado britânico. Na maioria dos estudos, o Partido Conservador apresenta uma vantagem superior a dois dígitos em relação ao seu principal rival, o Partido Trabalhista, de Jeremy Corbyn.

Uma sondagem do POLITICO, realizada a 25 de Outubro, antes de se saber a data possível para as eleições, dá aos conservadores 37% dos votos, bem à frente dos trabalhistas, que se ficam pelos 24%.

Já os Liberais-Democratas aparecem em terceiro lugar (17%) e o Partido do Brexit, do Nigel Farage, em quarto (11%). Seguem-se o Partido Nacional Escocês e o Partido Verde, ambos com 4%, e o UKIP (1%). 

Um outro estudo, desta vez da YouGov, realizado no mesmo dia, dá 36% dos votos a Johnson e deixa Corbyn numa posição mais frágil: 23%, pouco à frente dos Liberais-Democratas (18%). O Partido do Brexit tem 12% e o Partido Verde 6%. 

Corbyn tem evitado posicionar-se a favor ou contra a permanência do Reino Unido na União Europeia e os analistas acreditam que isso pode custar-lhe votos. Os liberais-democratas, contra o “Brexit" ou a favor de um segundo referendo, têm captado algum eleitorado desiludido com o Labour, tendo conseguido aproximar-se do principal partido da oposição. 

Mas Johnson pode ir além dos 37% dos votos nas próximas eleições. O primeiro-ministro assumiu um posicionamento muito claro favorável à saída do projecto europeu e tem conseguido roubar eleitorado ao recém-criado e monotemático Partido do Brexit. 

Há, no entanto, uma sondagem menos favorável aos conservadores, ainda que liderem as intenções de voto. O estudo do Britain Ellects, site que aglomera sondagens, dá aos conservadores 35,1% dos votos e oferece ao Partido Trabalhista resultado ligeiramente mais optimista: 25,4%, estando um pouco mais distante dos Liberais-Democratas (18,1%). O Partido do Brexit mantém-se nos 11% e os Verdes tem 4%.