Balanço da violência de sexta-feira na Catalunha: 182 feridos, 83 detidos

Houve confrontos entre grupos radicais e a polícia.

Fotogaleria
JESUS DIGES/EPA
Fotogaleria
JESUS DIGES/EPA
Fotogaleria
Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
Reuters/JON NAZCA
Carro
Fotogaleria
Reuters/RAFAEL MARCHANTE
Fotogaleria
Reuters/RAFAEL MARCHANTE

A violência de sexta-feira à noite na Catalunha fez 182 feridos, 152 deles em Barcelona, segundo os serviços de socorro da região. Os restantes são de Girona, Tarragona e Lérida.

Um total de 83 pessoas foram detidas, disse fonte do Ministério do Interior disse à agência de notícias francesa AFP.

Na manhã deste sábado, o cheiro a plástico queimado invadira as ruas do centro de Barcelona, perto da praça Urquinaona, onde os serviços de limpeza retiraram pedras, vidros e cartuchos de balas de borracha, os restos da violência da noite.

A auto-estrada AP7, na direcção França-Espanha, está cortada perto da fronteira devido a uma manifestação pró-independência.

No centro da cidade, grupos radicais e a polícia entrara em confronto, com um lado a atirar pedras e objectos metálicos, e o outro a responder com balas de borracha, gás lacrimogéneo e, pela primeira vez, com canhões de água.

Os movimentos de protesto começaram na segunda-feira em toda a Catalunha, depois ser conhecida a sentença que condenou os independentistas catalães a penas entre os nove e os 13 anos de cadeia.

Sugerir correcção