PortoBay Flores: o novo cinco estrelas do Porto tem alma quinhentista

A um palacete do século XVI junta-se um edifício construído de raiz. Em plena Rua das Flores, o novo luxo do Porto passa por “um reforço ainda mais profundo da componente histórica”.

Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Manuel Roberto / Publico

O palacete do século XVI, localizado na Rua das Flores, no centro histórico do Porto, recuperado mas com características arquitectónicas preservadas, não esconde os seus encantos: na fachada predominam as grandes portas de madeira, os janelões com frontões triangulares, as varandas de ferro forjado e as cantarias de pedra onde figura o brasão quinhentista; no interior, as antigas cavalariças do palacete deram lugar à entrada do hotel, onde permanece renovada a emblemática escadaria e onde se mantêm intactas as lajes de granito originais. É desta forma que começa a estadia na mais recente unidade do grupo madeirense PortoBay: de pescoço erguido, olhar voltado para cima e um sentimento de admiração. A rua que o acolhe é também a rua que dá o nome a este palacete, a cerca de 500 metros de outro edifício emblemático – a Estação de São Bento.