Reportagem

Dia da independência: quantas cores tem o Brasil?

Chuva, trovada e frio marcaram o primeiro 7 de Setembro de Jair Bolsonaro em Porto Alegre. O tempo não deixou ver se a capital do Rio Grande do Sul está ou não maioritariamente com o presidente que ajudou a eleger. Tudo foi cinzento e quase silencioso. A excepção será a maior festa gaúcha que começa neste Dia da Independência com um churrasco popular e dura até 22 de Setembro.

Foto
O Presidente do Brasil durante o desfile em Brasília Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

“No ano passado estava um calor! Lembra? E o povo? Lembra?” Um casal conversa de braço dado ao longo passeio da Avenida Edvaldo Pereira Paiva, popularmente conhecida como Avenida Beira-Rio, onde o rio Guaíba se une ao Oceano Atlântico. Este ano, chove, os relâmpagos iluminam por segundos o céu negro e os trovões fazem rir de nervos os que por ali andam. São poucos os que saíram para assistir ao desfile que celebra os 197 anos de independência do Brasil. O dia 7 de Setembro de 2019 é dia de tempestade fria em Porto Alegre, a capital do estado do Rio Grande do Sul, e são sobretudo militares os que se juntam pelas ruas e avenidas junto ao Guaíba.