Opinião

A causa das coisas

Caro Rui Tavares, mais do que infra-estruturas e superestruturas, do que os economistas gostam mesmo é de dados. Mas tens razão no principal.

A 7 de Agosto, Rui Tavares escreveu um artigo com o título “Cultura é infra-estrutura”. Falava de um estudo de três economistas que concluiu que maior exposição aos canais de televisão de Berlusconi era uma das causas do aumento da votação de partidos populistas. Ou seja, era a cultura (televisiva, neste caso) a ter efeitos políticos e, na medida em que a política influencia a economia, económicos. Rui Tavares manifestou alguma surpresa por este estudo vir de economistas, reconhecendo a injustiça de no passado ter escrito que para os economistas é a Economia que determina tudo.