Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Carro
Fotogaleria
Fotogaleria
Reportagem

Depois do inferno dos fogos resta um “oásis verde no meio do preto”

Nos incêndios de Sertã, Vila de Rei e Mação, arderam 9924 hectares e seis casas foram atingidas. Concelhos afectados no fim-de-semana passado fazem levantamento dos estragos, enquanto quem vive na região tenta voltar à normalidade. Vice-presidente de Mação propõe novas formas de organização florestal.

A pequena praia fluvial do Bostelim, onde passa uma ribeira com o mesmo nome, em Vila de Rei, é servida por um bar e um pequeno parque de campismo. Até ao fim-de-semana passado, o parque de autocaravanas estava lotado e a praia bem preenchida, conta Isabel Pereira, da Associação para o Desenvolvimento do Turismo e Lazer da Fundada (Adetulf), que gere o estabelecimento. “Começámos a ver fumo por volta das 15h de sábado”, recorda. Duas horas depois, pormenoriza o nadador salvador de serviço naquele dia, Ricardo Gaspar, chegou o primeiro carro da GNR para evacuar a praia.