Porto apela à entrega dos manuais escolares usados

Câmara do Porto pede aos cidadãos que entreguem, nas instalações do serviço, os manuais escolares de que já não necessitam relativos aos anos lectivos anteriores.

Foto
Os livros podem ser depositados de segunda a sexta-feira, no Gabinete do Munícipe, entre as 9h e as 17h Rui Gaudencio

O SMARLE – Serviço Municipal de Apoio à Reutilização dos Livros Escolares, no Porto, que tem como principal objectivo promover a reutilização dos livros escolares, apela aos cidadãos que depositem, nas instalações do serviço, os manuais escolares de que já não necessitam, relativos aos anos lectivos 2016/2017, 2017/2018 e 2018/2019. De acordo com o lema Reutilizar antes de reciclar, a organização quer também difundir o sentido de partilha e as boas práticas ambientais.

Os livros podem ser depositados de segunda a sexta-feira, no Gabinete do Munícipe, na Praça do General Humberto Delgado, 266, Porto, entre as 9h e as 17h.

No ano passado foram atendidos 8116 cidadãos, depositados cerca de 16 mil manuais e levantados mais de seis mil. Os livros não-reutilizáveis foram doados à unidade do Porto do Banco Alimentar contra a Fome, no âmbito da campanha Papel por Alimentos, num total de quase três toneladas e meia, reciclados à razão de 80 euros por tonelada.

Sugerir correcção