Ursula von der Leyen – o dia do tudo ou nada para a candidata à presidência da Comissão Europeia

A alemã desafia a oposição e avança programa para chefiar a Comissão. O apoio dos conservadores está assegurado, mas bancadas socialistas e liberais ainda estão divididas.

,Comissão Europeia
Foto
Ursula von der Leyen FRANCOIS LENOIR/Reuters

Eis um primeiro sinal da determinação e da confiança de Ursula von der Leyen: apesar da aritmética incerta, a ministra da Defesa da Alemanha, escolhida pelos líderes europeus para a presidência da Comissão Europeia, não pediu que fosse adiada a votação desta terça-feira no Parlamento Europeu, que a pode confirmar ou afastar definitivamente do cargo.