Stress, ansiedade, depressão? Tome um banho de floresta (e não só)

São muitas as terapias que recorrem à natureza. A Shinrin-yoku, a talassoterapia, a psamoterapia e a aromaterapia são algumas das que a Ímpar experimentou. Uma viagem do Buçaco a Porto Santo, passando pelos Açores.

Fotogaleria
Fotogaleria
Gary Woodland
Fotogaleria

Sentem a frescura do vento na cara, ouvem o chilrear dos pássaros, a dança das folhas das árvores, o som da água a cair ou cheiram o aroma das árvores e da terra seca. As preocupações do quotidiano ficaram para trás quando 18 pessoas começam a despertar os sentidos, conduzidos por Alex Gesse, do Instituto de Banhos de Floresta Portugal.