Carlos Conceição traz Serpentário ao Curtas Vila do Conde (e Herzog a comer o seu sapato)

A primeira longa do autor de Coelho Mau, estreada em Berlim, vai ter estreia nacional no festival, acompanhada pelas suas curtas e por uma “carta branca” qem que mostrará filmes de Pasolini, Dreyer, Borowczyk ou Chris Marker.

Foto
JEAN-CHRISTOPHE HUSSON

Depois da estreia mundial no Forum de Berlim, Serpentário, a primeira longa de Carlos Conceição, vai ter a sua primeira exibição em Portugal no Curtas Vila do Conde. A edição 2019 do festival, que já anunciara uma retrospectiva integral do trabalho do americano Todd Solondz e a sua programação de filmes-concerto, com a presença de Thurston Moore e dos Heliocentrics, anuncia agora um foco na obra do jovem realizador português. Presença regular no Curtas, Conceição passou já também pelo festival de Locarno e pela Semana da Crítica de Cannes, onde estreou as curtas Boa Noite Cinderela (2014) e Coelho Mau (2017).

PÚBLICO -
Foto
Serpentário, a primeira longa-metragem de Carlos Conceição, é uma digressão por África à procura do passado dr

Serpentário, bem recebido em Berlim, inspira-se na própria experiência do realizador como alguém que, nascido em África, se sente permanentemente entre mundos: trata-se de um road movie sem estrada onde um homem (interpretado por João Arrais) percorre o continente africano em busca do espírito e das memórias da mãe falecida. Para além de Serpentário, em estreia nacional, Conceição trará igualmente as curtas O Inferno (2011) e Coelho Mau, bem como uma nova versão, remontada, de Versailles (2013), e debaterá os seus filmes com a dupla João Pedro Rodrigues/João Rui Guerra da Mata (com quem trabalhou em vários dos filmes que estes fizeram em Macau, como A Última Vez que Vi Macau ou Alvorada Vermelha).

Carlos Conceição teve também carta branca para programar uma sessão em que exibirá curtas de cineastas consagrados como Chris Marker, Pier Paolo Pasolini ou Carl Th. Dreyer a par de obras menos unânimes de Walerian Borowoczyk ou Jørgen Leth, do encontro em teledisco entre Scott Walker e os SunnO))), tal como filmado por Gisèle Vienne, ou do registo de Werner Herzog a comer o seu sapato em resultado de uma aposta perdida. O Curtas Vila do Conde 2019 decorre de 6 a 14 de Julho.