BE propõe eixo norte-sul com ponte só ferroviária no Tejo

O documento do BE para o futuro da ferrovia critica as opções do actual executivo, que diz herdadas do governo PSD-CDS, mas acaba por se aproximar das propostas do PS no PNI2030 e até recupera o velho “Pi deitado”: um corredor vertical norte-sul com duas saídas horizontais para Espanha.

Carro
Foto
Hugo Santos

Nova travessia (exclusivamente ferroviária) do Tejo para dar continuidade a um verdadeiro eixo Norte-Sul, uma nova linha Aveiro – Mangualde, ligações aos portos e aeroportos, continuação das electrificações. Eis os pontos em comum do Bloco de Esquerda com as propostas do Governo para a ferrovia, plasmadas nos planos Ferrovia 2020 e no PNI 2030.