NASA cancela caminhada espacial 100% feminina por não ter fatos que sirvam às astronautas

A viagem histórica estava programada para 29 de Março, esta sexta-feira, e aconteceria 35 anos depois de uma mulher ter realizado uma caminhada espacial pela primeira vez.

Foto
Reuters/NASA

Os planos da NASA para a primeira caminhada espacial composta exclusivamente por mulheres não estão a correr como era esperado. A agência internacional cancelou a expedição por não ter fatos espaciais suficientes que sirvam às astronautas. 

A NASA anunciou no início deste mês que, pela primeira vez na história da exploração especial, estava previsto que uma dupla de mulheres astronautas realizassem uma caminhada espacial a partir da Estação Espacial Internacional. No âmbito da Expedição 59, as astronautas da NASA Anne McClain e Christina Koch iam realizar a caminhada a 29 de Março. A partir do solo, a acompanhar a expedição, estaria Kristen Facciol, controladora de voos da Agência Espacial Canadiana (que coopera com a NASA), aos comandos a partir do Centro Espacial Johnson em Houston, estado norte-americano do Texas. 

Num comunicado publicado no seu site esta terça-feira, a NASA escreve que os astronautas da NASA Nick Hague e Anne McClain realizaram uma caminhada espacial na Estação Espacial Internacional a 22 de Março de 2019, a primeira numa série de três. Está agora programado que Hague e Christina Koch realizem uma segunda caminhada esta sexta-feira, 29 de Março, para instalar baterias em alguns painéis solares da estação.

O que estava programado era que seriam as duas astronautas a realizar esta segunda caminhada. “No entanto, quando McClain e Hague foram consultados depois da caminhada de 22 de Março, os gerentes desta missão decidiram ajustar as tarefas, em parte devido à disponibilidade de fatos espaciais na estação. Anne McClain descobriu, durante a primeira caminhada, que um torso superior de tamanho médio, ou seja, a camisola do fato espacial, lhe serve melhor. Uma vez que apenas pode ser produzida uma camisola deste tamanho até sexta-feira, será Christina Koch a usá-la”, escreve a agência espacial.

Segundo o que conta McClain no Twitter, durante a viagem de 22 de Março foi necessário verificar o tamanho dos fatos espaciais para ter em conta o crescimento no espaço devido à microgravidade. “Sou 2 polegadas (cerca de 5 centímetros) mais alta do que quando descolamos”, escreve a astronauta. 

Anne McClain foi a 13ª mulher a realizar uma caminhada espacial e Koch será a 14ª. Segundo a agência espacial, McClain está “provisoriamente programada” para realizar a sua próxima missão a 8 de Abril. Tanto McClain quanto Koch fizeram parte de um grupo de astronautas que começou a trabalhar para a NASA em 2013. Metade dos seus membros são mulheres.

Foram feitas 213 caminhadas espaciais a partir da Estação Espacial Internacional desde 1998. A primeira mulher a realizar uma caminhada espacial foi a cosmonauta soviética Svetlana Savitskaya, há 35 anos. Segundo a Reuters, mais de 500 pessoas já estiveram no espaço, mas apenas 11% dessas eram mulheres.