Portugal participa na Feira do Livro de Leipzig pela quarta vez consecutiva

Afonso Cruz, Ana Margarida de Carvalho, Joana Bértholo e Valério Romão estão entre os escritores presentes no evento alemão, bem como o escritor e ex-ministro da Cultura Luís Filipe Castro Mendes.

Afonso Cruz é um dos escritores convidados para estar presente na feira
Foto
Afonso Cruz é um dos escritores convidados para estar presente na feira Miguel Manso

Portugal participa pela quarta vez consecutiva na Feira do Livro de Leipzig com um programa de leituras no qual colaboram, entre outros, os escritores Afonso Cruz, Ana Margarida de Carvalho, Joana Bértholo e Valério Romão.

De acordo com uma nota do Ministério dos Negócios Estrangeiros, este programa de leituras começa na noite de 20 de Março e estende-se até sábado, dia 23.

São também convidados desta edição os poetas João Luís Barreto, a repetente Raquel Nobre Guerra, que este ano verá publicada a sua primeira edição alemã, e Luís Filipe Castro Mendes, a convite da editora Leipziger Literaturverlag, que apresenta uma edição bilingue do ex-ministro da Cultura.

Integram igualmente o programa literário os autores moçambicanos Lucílio Manjate e Mbate Pedro e, ainda, José Eduardo Agualusa, "nome maior da literatura luso-angolana", destaca o comunicado.

Entre as novidades deste ano conta-se uma conversa entre editores, que vão discutir as diferenças do trabalho de edição na Alemanha, Suíça, Moçambique e Portugal, neste último caso, pela voz de Zeferino Coelho, editor da Caminho e considerado um dos maiores editores da literatura lusófona, que este ano comemora 50 anos de carreira.

Outra novidade que a Feira de Leipzig reserva este ano para Portugal é a participação no programa oficial de literatura infanto-juvenil.

O primeiro dia da feira, 21 de Março, tem também reservada uma sessão sobre o projecto "Portugal País Convidado de Honra da Feira do Livro de Leipzig 2021", que inclui o lançamento da 2.ª edição do Jornal de Letras em alemão e, ainda, a apresentação pública do Programa Especial de Apoio à Tradução e Edição, promovido pelo Camões — Instituto da Cooperação e da Língua e pela Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB).

No stand nacional vão estar disponíveis mais de 300 títulos de literatura de língua portuguesa, em edições portuguesas e alemãs.