Arouca lança serviço GeoBike

Em Arouca já se alugam bicicletas para pedalar entre monumentos e geossítios.

Foto
DR/Arouca Geopark

A Associação Geoparque de Arouca (AGA) passa este domingo a disponibilizar um novo serviço de aluguer de bicicletas para percursos interpretados em duas zonas do território: o centro histórico da vila, na sede do município, e o planalto da serra da Freita, na envolvente da aldeia da Castanheira. No burgo já há oito veículos prontos a estrear na Loja Interactiva do Turismo, seis dos quais para adultos e dois para crianças; na serra há cinco pares de rodas grandes e dois das juniores para requisitar na Casa das Pedras Parideiras.

Se a neve não cai leve, levemente, pinta-se a serra de quartzo, certamente

O serviço está disponível para ciclistas autónomos em qualquer dia da semana, mas, para ajudar no processo de descoberta dos circuitos propostos, no primeiro domingo de cada mês a AGA tem já programado um passeio com guia-intérprete a intercalar entre o centro da vila e a serra. O primeiro desses tours só foge à regra porque é já este domingo, bem a meio do mês, mas, fora isso, não deixará de percorrer alguns dos locais mais emblemáticos do centro histórico de Arouca, como o seu Convento, o Terreiro de Santa Mafalda e a capela barroca da Misericórdia. O grau de dificuldade dos trajectos é baixo, mas na vila há que contar com oito quilómetros num passeio de 90 minutos, enquanto a serra obrigará a 10 quilómetros no mesmo intervalo de tempo.

Antes de contactar com esse património, impõe-se, contudo, tratar de questões práticas. Uma delas é que a participação nos novos tours guiados da AGA implica reserva prévia até dois dias antes do passeio, através do e-mail. O custo é de 10 euros por adulto e 5 por cada criança dos seis aos 11 anos, sempre com seguro incluído, mas com a oferta especial de 50% de desconto apenas nos meses de Fevereiro, Março e Abril, para assinalar o lançamento do projecto. Outro aspecto prático a ter presente é que os ciclistas autónomos até podem conseguir alugar uma bicicleta no próprio dia, sem reserva prévia, mas terão sempre que a levantar dentro do horário de funcionamento na Loja de Turismo e da Casa das Pedras Parideiras – embora podendo entregá-la noutro local, mediante pagamento adicional.

"Por Montes e Vales", Arouca relança percurso pedestre de 90km

O tarifário completo está disponível em www.aroucageopark.pt, mas pode já adiantar-se que o aluguer implicará sempre uma caução de 30 euros por bicicleta, após o que um adulto pagará 6 a 22,5 euros consoante opte por uma utilização de 60 minutos ou de quatro a 48 horas. Numa mesma requisição, a segunda bike já ficará mais barata e, para grupos envolvendo um mínimo de três ciclistas e quatro horas de passeio, há ainda o Pack Família, que custará, por exemplo, 26,25 euros por cinco bicicletas.

Qualquer que seja o formato seleccionado, certo é que a AGA quer proporcionar aos visitantes do território uma forma mais ecológica e sustentável de descobrirem duas das áreas mais características do concelho. Se a vida em Arouca já parece ter um ritmo diferente para quem lá chega a partir de urbes como o Porto, Lisboa ou Madrid, agora o usufruto dos seus quase 330 quilómetros quadrados também pode fazer-se de forma mais saudável e autêntica, sem pegada carbónica.

Oh não, outra vez os passadiços do Paiva…