Decorações da Casa Branca voltam a ser alvo de chacota

As árvores encarnadas suscitaram comparações à Rua Sésamo, Handmaid's Tale e The Shining.

Fotogaleria
O vermelho é a cor em destaque das decorações natalícias Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Um membro da banda da Marinha norte-americana interpreta músicas natalícias durante a apresentação das decorações Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Bolas de natal referentes à iniciativa "Be Best", de Melania Trump, contra o bullying Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Este ano, os tons dourado e vermelho sobressaem nos adornos natalícios Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Um conjunto de lápis "Be Best" foi colocado junto à janela Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Adorno representativo do Estado de Washington Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Decoração numa janela da Casa Branca Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
As decorações no East Room Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Corredor de Árvores de Natal Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Árvores de Natal com bolas vermelhas à entrada da Casa Branca Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
O postal de Natal do Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Árvore de Natal com cerca de cinco metros na Sala Azul da Casa Branca Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Assim estará o Cross Hall no Natal Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
A Primeira-Dama, Melania Trump, revelou a decoração de Natal para este ano cujos tons encarnados simbolizam o "espírito do patriotismo" Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
O concerto da banda da Marinha durante a apresentação da decoração Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
A campanha "Be Best" novamente representada nas festividades Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
A decoração do bolo inclui a reprodução do Capitólio, o Lincoln Memorial, o Jefferson Memorial, o Washington Monument e a Casa Branca Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Leah Millis/Reuters
Fotogaleria
Leah Millis/Reuters

A Casa Branca revelou esta semana imagens das decorações de Natal, voltando a suscitar uma série de piadas. Como é costume há várias décadas, a decoração é da responsabilidade da primeira-dama. Melania Trump encheu um corredor com 40 árvores altas e encarnadas e declarou "American Treasures" como tema oficial dos enfeites natalícios. A Internet respondeu com chacota.

A Casa Branca apresentou as decorações aos jornalistas e lançou um vídeo de um minuto a mostrar as várias salas e corredores. Foram usados ao todo mais de seis mil metros de luzes de Natal, 12 mil laços e 14 mil ornamentos (alguns com o slogan da campanha de anti-bullying de Melania, Be Best), instalados ao longo de vários dias com a ajuda de 225 voluntários. Já a árvore oficial, na Blue Room, mede 5,49 metros. "A escolha do encarnado é uma extensão das riscas que se encontram no selo presidencial desenhado pelos nossos fundadores. É um símbolo de valor e bravura", explica a primeira-dama, citada pelo Washington Post

Não tardaram a chegar os memes. Alguns colocavam chapéus brancos no topo das árvores, em alusão à adaptação do livro Handmaid's Tale, de Margaret Atwood, ao pequeno ecrã. Outros comparavam as árvores ao monstro Elmo, da Rua Sésamo. Houve quem lembrasse ainda o jogo fictício The Cones of Dunshire, da série Parks and Recreation

As referências ao The Shining são uma constante. Se no ano passado o corredor de árvores brancas levou muitos a considerar o cenário equiparável ao de um filme de terror e alguém a lembrar-se de sobrepor uma imagem da personagem Jack Nicholson no final do filme; este ano a escolha da cor vermelha resultou na frase "all work and no play makes Melania be best". Também não faltou o meme com as duas gémeas no corredor. Não esquecer que a Casa Branca tem uma sala chamada Red Room — que Melania decorou com coroas feitas de lápis com o logo Be Best.

Segundo o Washington Post foi Jacky Kennedy quem começou a definir temas para as decorações de Natal da Casa Branca. O primeiro, em 1961, foi "Nutcracker Suite", repleto de elementos do icónico bailado de Tchaikovsky, o Quebra Nozes. Nancy Reagan chegou a escolher o tema "A Musical Christmas". Hillary Clinton inspirou-se na oficina do Pai Natal, "Santa's Workshop". Durante o mandato de Obama, os cães da família, Sunny e Bo, apareceram várias vezes ilustrados nas decorações.