Pepetela homenageado este ano no festival Escritaria

Em Penafiel, o escritor angolano vai lançar o seu novo livro, Sua Excelência, de Corpo Presente. Festival decorre de 1 a 7 de Outubro.

Pepetela fotografado em 2005
Foto
Pepetela fotografado em 2005 Nuno Ferreira Santos

O escritor angolano Pepetela, vencedor do Prémio Camões em 1997, vai ser a personalidade homenageada na edição deste ano do festival Escritaria, em Penafiel, anunciou esta quinta-feira a organização do evento.

"Depois de Mia Couto, o Escritaria volta a dar um especial enfoque à lusofonia ao homenagear, este ano, o escritor angolano Pepetela", lê-se num comunicado enviado à Lusa.

A 11.ª edição daquele festival literário, que vai decorrer de 1 a 7 de Outubro, ficará marcada pelo lançamento do novo livro de Pepetela, intitulado Sua Excelência, de Corpo Presente.

A organização do Escritaria promete para aqueles dias "uma verdadeira transformação de Penafiel em torno do escritor homenageado e da sua obra". As ruas da cidade vão encher-se de actividades inspiradas em Pepetela, com música, teatro e exposições. "Será impossível a qualquer pessoa não tropeçar no autor de carne e osso, ou na sua escrita", assinala o comunicado.

Pepetela deixará também uma frase na cidade, como aconteceu com os autores homenageados nas edições anteriores, "contribuindo para que Penafiel continue a ser, cada vez mais, uma cidade contaminada pela literatura".

Nas dez edições anteriores foram homenageados Urbano Tavares Rodrigues, José Saramago, Agustina Bessa-Luís, Mia Couto, António Lobo Antunes, Mário de Carvalho, Lídia Jorge, Mário Cláudio, Alice Vieira e Miguel Sousa Tavares.