Sete ideias para sair esta semana

Dias doces e lendários põem a Guarda num labirinto, Braga sem dormir e o Algarve e o Alentejo em festas.

Foto
DR

Teatro à judiaria

Guarda - Antiga Judiaria / Rua Direita
De 24 a 26 de Agosto

Quando se desafia Graeme Pulleyn a conceber uma peça para a antiga judiaria da Guarda, o resultado é Labirinto. É este o nome do espectáculo de rua criado pelo encenador britânico para a Rede Artéria, que o apresenta como uma trama "de encontros entre o velho e o novo, o passado e o presente, amigos e inimigos, homens e mulheres, judeus e cristãos, israelitas e palestinianos, músicos e actores, amadores e profissionais". Com liderança artística d'O Teatrão de Coimbra, a Rede Artéria é uma parceria entre agentes culturais, instituições de ensino e autarquias que tem como objectivo fazer circular espectáculos por oito concelhos do centro do país (Belmonte, Coimbra, Figueira da Foz, Fundão, Guarda, Ourém, Tábua e Viseu), sempre em articulação com o património e com entrada livre. O Labirinto está agora em estreia na Guarda, mas há outras peças em agenda, como Saal, A Rua Esquecida ou Vagar. É seguir o mapa.
Horário: às 21h30.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
DR

Colmeias na Maçã

Sesimbra - Parque Augusto Pólvora (Maçã)
De 24 a 26 de Agosto

Sesimbra está mais doce por estes dias, graças à ZimbraMel - Feira do Mel da Península de Setúbal. Depois da passagem pelo castelo e pelo Cabo Espichel, mudou-se este ano para a Maçã. Ali se concentram não só produtores do néctar propriamente dito – em representação desta e de outras regiões do país – mas também de artigos apícolas como própolis, geleia real, cremes ou sabonetes. Doçaria regional, queijo da Azóia, pão tradicional e artesanato são outras atracções dos expositores. O programa completa-se com música e "oficinas de abelhas" para as crianças.
Horário: sexta e sábado, das 10h às 23h30; domingo, das 10h às 21h.
Entrada livre

 

PÚBLICO -
Foto
Joana Bougard

Grândola, vila de vinho

Grândola - Parque de Feiras e Exposições
Até 27 de Agosto

Os encantos, os recursos e as potencialidades do Litoral Alentejano voltam a estar em foco na Feira de Agosto de Grândola, a maior da zona (são esperados cem mil visitantes) e uma das mais antigas do país (esta é a 376.ª edição). Montada desde dia 23, chega ao fim na segunda-feira, dia 27. Além do mercado propriamente dito, que privilegia produtos regionais de gastronomia e artesanato, a vila morena é palco de concertos – na recta final, Aurea (dia 25), Virgul (26) e Amor Electro (27) –, actuações de ranchos folclóricos, um festival hípico, uma corrida de touros, divertimentos, animação de rua e… muito vinho. É a ele que esta edição é dedicada. A par da prova e venda, uma grande exposição mostra como marcou presença no concelho ao longo dos séculos (a começar pelos romanos), apresenta bebidas saídas das adegas de hoje, documenta o processo de produção e recria uma taberna antiga.
Horário: das 9h às 24h.
Entrada livre

 

PÚBLICO -
Foto

Da Etiópia, mitos e artes

Lisboa - Museu do Oriente
Até 16 de Setembro

Pinturas, gravuras, iluminuras, joalharia, documentos, fotografias, peças de uso quotidiano. Tudo para conhecer melhor a Etiópia. Comissariada por Isabel Boavida, Nas Terras do Preste João convida a descobrir essa "terra de segredos, mitos e artes" que foi sede imperial – e onde um soberano cristão se tornou não só matéria de lenda como uma inspiração, por exemplo, para a expansão portuguesa. Concebida para assinalar os 500 anos das relações diplomáticas entre Portugal e a Etiópia, a exposição reúne peças de colecções públicas e privadas, num arco temporal que vai do século XV à actualidade.
Horário: terça a domingo, das 10h às 18h (sexta, até às 22h).
Bilhetes a 6€

 

PÚBLICO -
Foto
Blaya Nash Does Work

Música, mercado e mergulhos

Crato - Centro
De 29 de Agosto a 1 de Setembro

Nascido como programa musical paralelo à Feira de Artesanato e Gastronomia, o Festival do Crato foi crescendo e tem hoje estatuto solidificado entre os grandes festivais de Verão, cortesia de um cartaz com boa relação qualidade/preço, da proximidade das piscinas municipais, das gentes hospitaleiras e dessa feira que, durante o dia (a partir das 17h), convida a apreciar os produtos da terra. Depois da recepção aos visitantes com música de Bárbara Bandeira, Bispo e Quinta do Bill com a Filarmónica do Crato, a vila alentejana escuta, entre outros, Richie Campbell, Ugly Kid Joe, Morcheeba, Mando Diao, Expensive Soul, Blaya e Xutos & Pontapés.
Horário: às 22h.
Bilhete diário de 12€ a 15€; passe de 32€ a 52€ (entrada livre para a Feira de Artesanato e Gastronomia)

 

PÚBLICO -
Foto
Slow J Rui Gaudêncio

Cidade adentro

Faro - Vila Adentro
De 30 de Agosto a 1 de Setembro

Kátia Guerreiro com a Orquestra Clássica do Sul, Diogo Piçarra, Salvador Sobral, Slow J, Cristina Branco, Sérgio Godinho, Rodrigo Leão, Dead Combo, The Legendary Tigerman, The Gift, Raquel Tavares e Moonspell integram a vasta comitiva musical portuguesa que vai a Faro actuar nos sete palcos do Festival F. Mas o evento – de que alguns se lembrarão, na sua génese, como Festival Adentro – não é só um festival de música. Faz mover o centro histórico e as redondezas também com a comédia stand-up de gente como Eduardo Madeira, Hugo Sousa, Jel ou Môce dum Cabréste, bem como com exposições, teatro, tertúlias, artes plásticas, artesanato e gastronomia. O F também vale para famílias: especificamente para elas, estão alinhados vários espectáculos e oficinas que ensinam artes como beatboxing, hip-hop, video mapping ou recolha de sons.
Horário: das 18h às 4h.
Bilhete diário a 15€; passe a 40€

 

PÚBLICO -
Foto
DR

Noites e vozes

Braga - Centro histórico
De 31 de Agosto a 2 Setembro

Ruas e praças. Salas e museus. Até a Sé de Braga está envolvida na Noite Branca, uma maratona de 48 horas em que a cidade é invadida por centenas de artistas e milhares de espectadores de todas as idades (no ano passado, foram cerca de 500 mil). A sétima edição conta com mais de 90 actividades, entre festas, exposições, instalações, performances, programação infantil, animação de rua e concertos. Em palco(s), destacam-se Gisela João, José Cid, David Fonseca, Manel Cruz, Linda Martini, Conan Osiris e, no encerramento, as Sopa de Pedra num espectáculo inédito com os coros, cantores e cantadeiras locais que se fazem ouvir como Vozes da Cidade.
Programa completo aqui.
Grátis