Dominic Raab é o sucessor de David Davis como ministro para o "Brexit"

Theresa May escolheu conservador de 44 anos para substituir o demissionário David Davis, que rompeu com o governo britânico por discordar da forma de saída da União Europeia

Downing Street, 10 Downing Street
Foto
Dominic Raab à saída da residência oficial da primeira-ministra britânica, nesta segunda-feira de manhã REUTERS/Henry Nicholls

Dominic Rennie Raab, de 44 anos, é o novo ministro britânico para o "Brexit". A escolha do sucessor de David Davis, que se demitiu no domingo à noite por discordâncias com o Governo de Theresa May relativas à forma de o país sair da União Europeia, já foi apresentada à rainha Isabel II, segundo um comunicado do gabinete da primeira-ministra.

O novo titular da pasta transita do Ministério da Habitação para um lugar crucial para as negociações do Reino Unido com os parceiros europeus. Advogado de profissão antes de ser eleito deputado em 2010, Raab foi um proeminente defensor da saída do Reino Unido da União Europeia durante o referendo de 2016. Após as eleições de 2015 exerceu funções no Ministério da Justiça, mas em Maio foi transferido para outra pasta.

David Davis demitiu-se na noite de domingo. De 69 anos, é um eurocéptico que tinha sido nomeado há dois anos e não saiu sozinho: como ele demitiram-se também Steven Baker e Suella Braverman, que eram seus adjuntos.

No essencial, Davis discorda do acordo de Governo para um "soft Brexit" (o país continuar integrado no mercado único e na união aduaneirao), anunciado 48 horas antes destas três demissões, com o argumento de que "largas faixas da economia [britânica] serão controladas pela União Europeia". A estratégia de Downing Street "precisa de um entusiasta e não de um relutante recruta", escreveu Davis.