Ramalho Eanes, Bagão Félix e Carlos do Carmo na comissão de honra de Medina

Figuras nacionais da política às artes integram lista de apoio ao candidato socialista à Câmara de Lisboa.

Foto
Rui Gaudencio

Foi conhecida esta segunda-feira a composição da comissão de honra da candidatura de Fernando Medina à câmara de Lisboa. A lista de apoio à candidatura socialista é presidida pelo fadista Carlos do Carmo, e junta nomes como o do primeiro-ministro António Costa, mas também de personalidades independentes. 

Entre mais de 200 nomes, fazem parte da comissão de honra de Medina, os antigos presidentes da República, Ramalho Eanes e Jorge Sampaio, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e o poeta e histórico do PS, Manuel Alegre.

Fora da esfera socialista, também o antigo ministro das Finanças, Bagão Félix, que já tinha manifestado o seu apoio a Medina, e o fundador do Livre, Rui Tavares, são algumas das figuras que integram este órgão de apoio à candidatura socialista à presidência da autarquia da capital.

Também o empresário Artur Santos Silva, que foi presidente da comissão de honra da candidatura de Rui Moreira ao Porto, em 2013, e o presidente do conselho de administração da Transportes de Lisboa, Tiago Farias, integram a lista. 

Passando da política à economia, mas também à educação, constam ainda os nomes dos reitores das instituições de Ensino Superior da cidade, como António Cruz Serra (Universidade de Lisboa), António Rendas (Universidade Nova de Lisboa), Luís Reto (ISCTE–IUL) e o presidente do Instituto Politécnico de Lisboa, Elmano Margato. 

Nas artes, os escritores Lídia Jorge e Mário Zambujal, o realizador António Pedro Vasconcelos, o encenador Filipe la Feria e o actor João Perry são alguns dos nomes que apoiam a candidatura de Medina.