MIT volta a ser a melhor universidade do mundo

Portugal tem cinco instituições no ranking da QS World Universities. A primeira é a Universidade do Porto, que surge no 343.º lugar.

A universidade norte-americana MIT (Massachusetts Institute of Technology) foi eleita pelo segundo ano consecutivo como a melhor do mundo pela QS World Universities, uma organização que avalia o desempenho das instituições de ensino a nível internacional. Portugal tem cinco universidades nesta lista internacional, mas todas depois do 300.º lugar.

Já no ranking de 2012 o MIT tinha conseguido destronar as famosas universidades de Harvard (Estados Unidos) e Cambridge (Reino Unido), que surgem no segundo e no terceiro lugar, respectivamente. No ano passado, Cambridge ocupava o segundo lugar e Harvard o terceiro. O quarto lugar foi atribuído ao University College e o quinto ao Imperial College, ambos em Londres.

O ranking intitulado Quacquarelli Symonds Limited - University World Rankings (QS), que classifica 600 instituições, baseia-se em diversos critérios: qualidade da investigação, taxas de empregabilidade, qualidade do ensino, internacionalização das faculdades e do corpo docente, número de citações em revistas de especialidade, entre outros.

Os principais lugares do ranking são conquistados pelas universidades norte-americanas, que ocupam 11 dos 20 primeiros lugares (mesmo assim, na edição de 2012, ocupavam 13 em 20). Se olharmos para os primeiros 100 lugares, 30 são de universidades norte-americanas, quando no ano passado eram 31.

Portugal tem cinco universidades nesta lista internacional. A primeira é a Universidade do Porto, que surge no 343.º lugar, seguida pela Universidade Nova de Lisboa, na 353.ª posição, e a Universidade de Coimbra, no lugar 358. A Universidade Católica Portuguesa e a Universidade de Lisboa são colocadas entre a posição 551 e 600, que já não é ordenada.

Num comunicado de reacção aos resultados, a Universidade do Porto diz que com esta distinção “lidera as universidades nacionais em todos os principais rankings de instituições de ensino superior. Depois de ter figurado entre as 401-500 melhores universidades do mundo em 2012, a U. Porto alcança agora o 343.º lugar entre mais de 800 universidades classificadas”. Na mesma nota, a instituição destaca também a classificação das suas companheiras nacionais: a Universidade Nova de Lisboa e a Universidade de Coimbra.

Com excepção do Reino Unido, apesar de as universidades dos países da Europa continental continuarem a estar pouco representados nos principais lugares deste ranking, da edição de 2012 para a de 2013 nota-se uma evolução, com a Suíça a conquistar dois lugares entre os primeiros 20 (um 12.º e um 19.º) e a Holanda a ter mais duas universidades do que no ano passado nas primeiras 100, num total de seis. Já França conta com duas universidades entre as 50 primeiras, uma em 28.º e outra em 41.º. Na 45.ª posição aparece a primeira universidade dinamarquesa e na 50.ª a primeira alemã.