Afluência às urnas é a mais elevada desde 1988

Dados na Catalunha apontam para mais 4,5 pontos percentuais do que em 2010

O presidente do governo regional, Artur Mas, disse que estas são as eleições "mais decisivas da história da Catalunha"
Foto
O presidente do governo regional, Artur Mas, disse que estas são as eleições "mais decisivas da história da Catalunha" Albert Gea/Reuters

O governo da Catalunha anunciou que o número de votos nas eleições de hoje para a composição do próximo parlamento regional é o mais elevado dos últimos 24 anos, segundo os dados recolhidos às 13h00.

A vice-presidente da Generalitat, Joana Ortega, anunciou que a participação ao fim da manhã era de 29,35%, o que se traduz no valor mais elevado desde 1988 – e em mais 4,5 pontos percentuais do que nas eleições de 2010, à mesma hora.

A maior afluência registava-se nas províncias de Girona (32,29%), Barcelona (29,3%), Tarragona (28,29%) e Lleida (26,73%).

"Estas são as eleições mais decisivas da história da Catalunha, as mais cruciais", disse o presidente do governo regional, Artur Mas, no momento em que exerceu o seu direito de voto.

Já  o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, optou por não comentar o acto eleitoral na Catalunha: “Hoje não falo de política”, afirmou, no final de uma reunião com o rei Juan Carlos.