Banco de Portugal revela que libanês foi comprador final da Biometrics

Foto
Constâncio regressa à Comissão Pedro Cunha

Nos diversos depoimentos que foram sendo prestados na Comissão de Inquérito ao caso BPN, presidida pela socialista Maria de Belém Roseira, as transacções que envolvem esta empresa de tecnologia de Porto Rico, têm permanecido pouco esclarecidas. Manuel Dias Loureiro, que acabou por renunciar ao lugar de Conselheiro de Estado por causa desta polémica, alegou desconhecer quem tinha sido o comprador final da Biometrics. Segundo o relatório do Banco de Portugal, citado pelo Correio da Manhã, a venda da Biometrics foi feita ao offshore La Granjilla, propriedade de Abdul El Assir.