Execução fiscal

DGCI coloca à venda 151 imóveis e outros bens em Lisboa

A Direcção-Geral dos Impostos publica hoje anúncios a 151 imóveis e outros bens em execução fiscal, só no distrito de Lisboa.

Além de imóveis, a lista de bens penhorados por dívidas ao fisco, publicada hoje no "Correio da Manhã", inclui estabelecimentos comerciais, viaturas, consultórios médicos, terrenos, empresas, nomeadamente de construção e venda de imóveis.

Na lista da Direcção de Finanças de Lisboa constam três fracções da empresa Panibel - Panificação Unida Belém, SA, para execução de uma dívida superior a 300 mil euros.

As fracções correspondem a um armazém, uma loja e uma habitação, que neste último caso vai ser licitada a partir de 72.652 euros.

Do rol de bens penhorados constam 35 pertencentes à empresa Cimovenda - Construção e Venda de Imóveis, LDA, para pagamento de uma dívida que se eleva a seis milhões de euros.

Um autocarro e uma viatura do Sport Clube União Torreense foram também confiscados devido a uma dívida de IRC de 433 mil euros.

Cerca de 50 dos bens penhorados dizem respeito a pessoas individuais.