Sánchez espera ser indigitado pelo rei já na terça-feira depois do fracasso de Feijóo

Socialistas da Catalunha e de Madrid fecham a porta ao referendo exigido pelos soberanistas catalães. Falhada a investidura de Feijóo, Felipe VI vai ouvir os partidos no início da próxima semana.

Foto
Alberto Núñez Feijóo voltou a ser derrotado no seu debate de investidura Sergio Perez/EPA
Ouça este artigo
00:00
04:59

Não foi preciso esperar pelo fim do debate de investidura de Alberto Núñez Feijóo para que o foco político em Espanha se deslocasse para o Partido Socialista e para o seu líder, Pedro Sánchez. Enquanto os socialistas andaluzes quiseram manifestar-lhe a sua “confiança” para um acordo com os soberanistas catalães, os de Barcelona e Madrid deixavam claro que há limites. “Se for preciso voltar a eleições, iremos”, afirmou o presidente do PS catalão, Salvador Illa”, recusando que esse acordo contenha a possibilidade de um referendo de autodeterminação na Catalunha.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Ler 6 comentários