Costa admite contacto informal com ex-governador sobre riscos no BPI e nega favor a Isabel dos Santos

O primeiro-ministro enviou esta terça-feira para o Parlamento um documento de resposta às 12 perguntas do PSD em que nega ter favorecido a empresária angolana Isabel dos Santos.

Foto
As respostas de António Costa ao PSD chegaram esta terça-feira ao Parlamento LUSA/RODRIGO ANTUNES

O primeiro-ministro, António Costa, transmitiu ao ex-governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, de forma “leal, directa e informalmente” que um bloqueio no acordo alcançado entre os accionistas do BPI – protagonizado por Isabel do Santos – era um risco para a estabilidade do sistema financeiro. A descrição do contacto consta do documento que o chefe do Governo enviou esta terça-feira para o Parlamento para responder às 12 perguntas colocadas pelo PSD, no qual afirma ainda que “nunca fez qualquer diligência junto do [então] governador do Banco de Portugal” a favor de Isabel dos Santos.

Sugerir correcção
Ler 26 comentários